Gancho, pitão e escápula: saiba qual é o melhor fixador para cada aplicação

Gancho, pitão e escápula: saiba qual é o melhor fixador para cada aplicação

10 de dezembro de 2021

A escolha do fixador para cada aplicação é extremamente importante e contribui para ter resistência necessária na execução das atividades. Embora pareça uma decisão simples, contar com produtos adequados aos seus objetivos é a melhor forma de promover segurança e eficiência.

 

Nesse sentido, somente produtos de qualidade não são o suficiente para ter excelência nas suas tarefas, é importante usá-los da forma apropriada, conforme as informações e capacidade técnica da mercadoria de modo a evitar transtornos sérios que causem prejuízos ou acidentes.

 

Quer saber qual o melhor fixador para cada aplicação e como fazer o uso correto de cada item? Continue a leitura e entenda mais sobre o gancho, pitão e espátula com objetivo de desenvolver suas tarefas com precisão e tranquilidade!

 

Por que escolher o melhor fixador para cada aplicação?

Seja em obras, atividades industriais, empresariais ou comerciais, contar com itens de qualidade e utilizá-los da maneira correta é importante para alcançar bons resultados. Trata-se de uma forma de garantir a eficiência e ter recursos compatíveis com os objetivos.

 

Assim, a escolha do fixador para cada aplicação deve seguir critérios técnicos de modo a eliminar todos os riscos. Em outras palavras, é preciso considerar o peso e método de fixação dos objetos para identificar o modelo adequado e oferecer segurança.

 

Dessa forma, é possível assegurar que seus serviços sejam executados com qualidade e ofereçam a devida durabilidade, conforme cada tipo de função ou uso. Portanto, é uma escolha importante e precisa ser feita de maneira profissional para conquistar o desempenho desejado.

 

É importante também, utilizar produtos com acabamentos e materiais adequados para cada ambiente, como fixadores em inox em locais mais agressivos como litoral, que evitam a corrosão dos ganchos, aumentando sua vida útil. Outros acabamentos aplicados são: 

  • zinco;
  • bicromatizado;
  • pintura eletrostática.

 

Veja abaixo as características dos fixadores: gancho, pitão e escápula!

 

O que é o gancho?

Um dos produtos mais comuns em residências, comércios e indústrias, o gancho é semelhante ao parafuso, mas com um gancho na ponta. Em outras palavras, é uma estrutura com corpo roscado e ponta em formato de gancho, que permanece exposto após a instalação na superfície.

 

Dessa forma, é um elemento que pode ser fixado em paredes, utilizando buchas plásticas, madeiras e outras superfícies, permitindo que objetos sejam pendurados. Os ganchos existem em diferentes tipos e tamanhos, definidos segundo a capacidade e resistência, por exemplo:

  • gancho para parede oca;
  • gancho com rosca e aba;
  • gancho com rosca para bucha;
  • gancho de ferro com rosca para madeira.

 

Quais são as aplicações do gancho?

Os ganchos são produtos versáteis e conferem diversos tipos de aplicações em todos os setores. Com instalação fácil, o ganho permite que sejam encaixados diversos itens nas paredes e tetos ou estruturas de madeira em ambientes domésticos, comerciais, industriais e outros.

 

Diante disso, os ganchos são tipicamente usados para pendurar objetos decorativos, varais, redes de proteção e ferramentas em setores industriais e empresariais, encaixar produtos em mostruários e muitas outras possibilidades, inclusive, para objetos mais pesados.

 

O que é o pitão?

O pitão é um produto parecido com o gancho, ou seja, tem o corpo roscado, igual a um parafuso, e a ponta é um círculo totalmente fechado, como um anel. A principal diferença, no entanto, é que os ganchos têm círculo aberto.

 

Assim como os ganchos, o pitão existe em diferentes tipos, por exemplo:

  • pitão para parede oca;
  • pitão com aba para bucha;
  • pitão com rosca para bucha;
  • pitão de ferro com rosca para madeira.

 

Quais são as aplicações do pitão?

O pitão tem aplicações semelhantes aos ganchos e permite o encaixe de diversos objetos e estruturas. Seja em alvenaria comum ou superfícies de madeira, é um produto que oferece inúmeras possibilidades, útil para setores industriais, comerciais e outros.

 

O que é escápula?

Por fim, a escápula é um elemento com formato diferente, o corpo é roscado, semelhante ao parafuso e a ponta em formato de L. Dessa forma, após ser instalado na superfície, o material permanece apontada para cima, o que permite o encaixe de objetos.

 

A escápula também é encontrada em diferentes tipos e espessuras, por exemplo:

  • escápula com aba para bucha;
  • escápula com rosca para bucha;
  • escápula com rosca para madeira;
  • escápula com rosca para forma e cama.

 

Quais são as aplicações da escápula?

A escápula é um produto que permite aplicações em setores comerciais, industriais e residenciais. É um elemento que possibilita encaixar objetos na parede, além de ser ideal para fixar quadros e espelhos, que precisam ficar rentes à parede.

 

Como escolher a bucha ideal para cada fixador?

Para ter uso eficiente e seguro, é preciso saber qual o melhor fixador para cada aplicação e identificar a bucha ideal. Assim, é necessário contar com o material e modelo correto, considerando a superfície em que será instalado e as características do objeto a ser encaixado.

 

Nesse sentido, as buchas têm papel indispensável na correta instalação dos fixadores e oferecem suporte que asseguram a devida resistência. Cada tipo de superfície demanda um modelo específico, que fixa melhor, evitando que o gancho seja arrancado.

 

Veja, a seguir, como escolher a bucha para cada tipo de superfície!

 

Drywall

As paredes de drywall exigem buchas específicas para oferecer a resistência adequada ao fixador e objeto. Dentre os modelos mais comuns, encontram-se as buchas âncoras ou TOG e buchas Dryfix. Por isso, identifique buchas próprias que concedam suporte em placas de drywall ou buchas universais, que se adaptam a qualquer superfície.

 

Alvenaria

As superfícies de alvenaria, blocos ou tijolos, são os principais alvos de instalação dos fixadores e podem ser utilizados diversos tipos de buchas. Nesse contexto, as mais usadas são as buchas de nylon modelo convencional ou perfix.

 

O único tipo que deve ser evitado são as buchas metálicas.

 

Concreto

As superfícies de concreto também permitem o uso de muitos tipos de buchas, inclusive, as de nylon e metálicas. Por isso, é importante considerar seus objetivos e o nível de resistência necessário para escolher a bucha ideal, que ofereça todo suporte e segurança.

 

Metalúrgica São Raphael: sinônimo de qualidade!

Um dos requisitos primordiais para escolher produtos é a qualidade, que contribui para ter eficiência e evitar prejuízos. Assim, escolher produtos reconhecidos e produzidos por empresas sérias é a melhor alternativa de modo a atender suas necessidades com excelência.

 

Nesse contexto, a Metalúrgica São Raphael é uma empresa tradicional, certificada e atuante no mercado há mais de 80 anos, oferecendo produtos de qualidade. Com um catálogo variado, os itens são desenvolvidos em processos modernos por uma equipe especializada.

 

A São Raphael é considerada a maior fabricante de correntes soldadas e artefatos de arame da América do Sul. Além de garantir qualidade, os produtos são seguros e ideais para utilizar em diversos segmentos, apresentando versatilidade e bom desempenho.

 

A empresa conta com portfólio de produtos completos, inclusive diversos tipos de fixadores, além dos itens:

 

Como vimos, escolher o fixador para cada aplicação é tarefa que exige análise de dados técnicos para garantir proteção. Portanto, conte com produtos de qualidade e utilize da maneira correta com objetivo de ter bom desempenho e evitar transtornos.

 

Quer receber conteúdos como esse direto na sua caixa de entrada? Então, assine nossa newsletter ao final da página e fique por dentro das novidades do setor metalúrgico e logístico!


Voltar

Compartilhe

    Inscreva-se para receber novidades da São Raphael!